ler Aquilino Ribeiro

"Mas, em qualquer altura, alguém que tenha a inclinação solitária, ou atenta, ou simplesmente erudita, abrirá um livro de Aquilino (…) e amará o seu verbo.» A.Bessa-Luís

Natércia Rocha sobre o Romance da Raposa

«No mesmo ano (1924), Aquilino Ribeiro escreveu um livro dedicado a seu filho Aníbal, Romance da Raposa, editado por Aillaud& Bertrand. As ilustrações são de Benjamin Rabier, ilustrador francês muito apreciado. Nessa obra excelente, Aquilino isenta de classificações morais as atitudes e situações que envolvem os animais, embora os aproxime do Homem dando-lhes fala e raciocínio; mas os actos regem-se por leis de sobrevivência e não por critérios de bem ou de mal. Salta-Pocinhas, a raposa ladina, rouba e mata para comer e não ser comida. Texto riquíssimo de humor, ternura e ironia, musicalidade e “suspense”, a história de Salta-Pocinhas encanta as crianças; elas compreendem e sentem, mesmo quando as palavras são estranhas e misteriosas. Puxadas umas pelas outras, as palavras são prazer antes de revelarem o significado; dir-se-ia que são brinquedo, antes de serem ferramenta. O Romance da Raposa é uma das mais notáveis obras para crianças, escrita por autor português.»

Natércia Rocha in Breve História da Literatura Portuguesa para Crianças  CALP – Colecção Biblioteca Breve – Volume 97, 1992, p.60 (pesquisar na Biblioteca Digital Camões aqui)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: